sábado, 12 de novembro de 2011

A rapariga bipolar dentro na minha cabeça (..) que por acaso até sou eu :c

   Por momentos juro que me sinto bem, uniforme, sem medo de parecer triste ou calada demais, mas tudo se desfaz em pó, toda a segurança que sentia desaparece e eu fico ali, no meio, na minha cabeça sem saber o que fazer. Todas a memórias más tendem em "atacar" nesses momentos, são como sanguessugas, mas em vez de sangue elas tiram-me tudo o que tenho de bom, ficando só os pedaços soltos e a amargura do momento começa a fazer com que me sinta pior. 
  
não tenho aquela força genuína de uma guerreira, apenas tenho a força de uma rapariga. E fico muito bem se sobreviver dia-a-dia.


Musica: Blue Foundation - Little by little

Sem comentários:

Enviar um comentário

Isto é como no Face é só meter GOSTO (!) :b