sábado, 26 de novembro de 2011

Metade sem alma

  Já a senti de perto, já lhe tomei o gosto e principalmente a vontade, só queria ter de volta. A minha felicidade. Passei por tudo um pouco, contornei os obstáculos, sonhei alto e baixo, para nunca me magoar mas, mesmo assim não consegui. Agora choro e sinto falta de não ser feliz.
  Sinto-me fraca e sem coragem de enfrentar tudo de novo só para sentir uma réstia do que já tive, posso sorrir e sentir me bem de vez em quando mas nada se compara ao quanto já fui feliz. 
  Ainda não perdi a esperança que um dia vá acordar e sentir-me viva, sair da cama com um sorriso para o dia todo. Mas enquanto esse dia está longe vou ficando assim um corpo com metade da sua alma. 

É triste doer tanto, e ainda mais quando é só a ti que te dói.  

Sem comentários:

Enviar um comentário

Isto é como no Face é só meter GOSTO (!) :b