quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Errar é tão fácil como respirar.

  É só um sonho, algo perdido nos meus pensamentos e demasiado feliz para puder fazer parte da minha realidade, sentir faz de mim fraca e começo a acreditar em coisas que nunca existiram e nem vão existir. Sou uma pessoa solitária, porque quero, "empurro" toda a gente que me quer bem para longe porque sinto-me  medo de não ser suficiente, a verdade é que não sou, nunca fui e não é de um momento para o outro que o meu respirar ia ser importante. Por isso digo, errei e vou continuar a errar. Ninguém é prefeito e eu devo ser a pessoa que imperfeita que conheço.

Peço desculpa a todos os meus amigos por não ser suficiente. 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Isto é como no Face é só meter GOSTO (!) :b