sábado, 22 de outubro de 2011

Quando chegares lá diz-me cérebro.

Não sei para onde vou, nem como cheguei a este ponto, bem talvez saiba, só que não quero admitir o quanto parva eu fui, podia ser tudo tão fácil se tivesse dito não e sim na quantidade exacta. Só queria um manual, que me desse umas respostas de vez em quando, só para saber o que fazer, em quem confiar, o que esperar e no fim como iria acabar. Nunca sei perdoar-me pelos meus falhanços, porque? Será porque vejo isso à minha volta, será que conviver com eles não é tão bom como tenho pensado :$

A verdade é que estou esgotada, cansada e pronto para me perdoar o problema é que não sei como :x

Sem comentários:

Enviar um comentário

Isto é como no Face é só meter GOSTO (!) :b