segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

repetição.


Há dias que custa levantar...(acho que já comecei tantas vezes com estas palavras que devia ter uma lista de contagem só para elas, mas acho que ia acabar por perder a conta. Mas de qualquer maneira aqui vamos mais uma vez.

Não sei o que posso fazer para mudar este sentimento de desistência dentro de mim. Talvez mudar a minha maneira de ser ajudasse, mas depois perdia todos os anos de auto aprendizagem que a minha mente pouco positiva me dá de vez em quando. Seria um desperdício ouvir a minha mini foz interior e acabar com isto de uma vez por todas, mas acho que o meu sucesso depende dessa voz ou até da contradição dela. 

Sou uma desleixada no que se trata de confiança e auto ajuda acho que nego a mim mesma um final feliz porque vivo melhor (ou com menos expectativas) nesta permanente melancolia, mas considero-me ironicamente hipócrita por ter tudo para ser feliz, tenho uma família (meio doida) que me ama, tenho um namorado (que não é propriamente doido) que me ama muito e tenho... ou melhor tinha um trabalho (não era nada que me matasse mentalmente). Mas mesmo que a ultima parte tivesse completa ainda me sentiria melancólica e depressiva, 

Quando diziam que a depressão nunca passa e que aprendemos a viver com ela aos poucos eu ria porque se a depressão é doença devia haver uma cura, mas no entanto uma constipação também é doença e não tem uma cura definitiva... (é tarde e o meu cérebro acha que esta comparação é boa, mas não das melhores). Apesar de ambas possam ser evitadas (mais ou menos) com remédios. 

Não quero ir por esse túnel novamente é demasiado escuro, e cheio de buracos onde posso partir as pernas e nunca mais chegar ao outro lado, onde tenho a minha família, o meu namorado e (possivelmente) um trabalho à espera para colar os cacos. 


Sem comentários:

Enviar um comentário

Isto é como no Face é só meter GOSTO (!) :b