terça-feira, 14 de janeiro de 2014

Memorando


Hoje em dia falta-me muita coisa, principalmente felicidade, não só porque há dias em que ficar na cama a lamentar o meu nascimento é uma opção para mim, mas porque o mundo, como já referi á um tempo, tem a pior maneira de dizer que eu sou algo descartável.

Muita gente quando olha agora para mim pensa que eu estou composta, que estou sã e de bem com o mundo, só que a verdade vem a cima quando a porta do meu quarto é fechada. É lá que eu reconheço a dor, é quando a menina curada retorna ao seu verdadeiro estado.

O mundo que está a minha volta é apenas isso, um mundo que não reconheço apesar de todos os esforços. E felicidade? É algo que só reconheço quando ela aparece, mas não sei se a felicidade foi feita para mim.

Acho que a felicidade vem a mim como um memorando, apenas lembra-me aquilo que quero ter e não posso. 


Sem comentários:

Enviar um comentário

Isto é como no Face é só meter GOSTO (!) :b