sábado, 30 de março de 2013

Ser feliz vs Ser normal


Há dias que o meu futuro é incerto e a fina linha que separa o meu dever como um ser humano normal e o que eu quero realmente fazer da vida é esborratada por uma lágrima de esperança perdida. 

Quando somos pequenos queremos ter várias profissões tais como ser veterinários,  bombeiros ou médicos, mas como eu nunca fui uma criança normal e sonhava fugir dos padrões da sociedade as profissões que eu queria ter não eram normais. Como por exemplo, quando eu tinha 14 anos queria ser caçadora de vampiros, aos 16 queria ser médica legista e agora quero ser escritora, mas mais uma vez o mundo deu me uma estalada de realidade pura e dura. 

Eu sei que aos 14 era influenciada pela Buffy e que ao 16 estava a ser influenciada pelas series criminais como o C.S.I, só que agora é diferente porque a influencia é totalmente minha, sei que posso parecer um pouco idiota, mas até tenho jeito para as palavra, e tenho uma imaginação muito grande, acreditem, e escrever é a única coisa que me mantêm ao de cima quando eu vejo o resto ir a baixo.

Mas a falta de coragem para dizer meus pais que encontrei o que me faz feliz e que não quero seguir turismo  ou outra coisa qualquer deixa-me reprimida e muito mas mesmo muito mal humorada comigo mesma.

Já para não falar na economia e como isso pode arruinar o sonho da minha vida.






 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Isto é como no Face é só meter GOSTO (!) :b