sábado, 7 de abril de 2012

Labirintos

Estou num sitio onde a confusão reina a casa passo, sinto-me enterrada nela até não poder mais. Cada passo que dou para a frente sinto que estou a dar cem para traz, sinto que estou a desiludir as pessoas. Por longos períodos de tempo sinto-me sozinha, abandonada por mim mesma, e o sabor do vento começa a amargar tudo o resto á minha volta, mesmo quando estou feliz quero ficar triste, pois sei que quando atingir o grau normal de realidade tudo vai amargar como sempre. E dói, dói saber que amarga. É como estar num labirinto onde só sei andar as voltas sem encontrar a verdadeira saída. Será que disser a verdade total sobre mim a quem caminha ao meu lado todos os dias me libertará deste circulo?
 Acho que vou esperar para mais uma volta no labirinto em que estou. 
Afinal não faz mal, já estou habituada. 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Isto é como no Face é só meter GOSTO (!) :b