terça-feira, 11 de dezembro de 2012

O meu Fantasma

 Recentemente o meu fantasma voltou, eu tinha guardado todas as lembranças, más e boas num canto escuro dentro da minha memoria. O tempo apagou a dor que tinha ao acordar e evitou mais noites em branco a pensar como tudo podia ter sido diferente, o meu blog guarda também algumas coisa, como os meus sentimentos por ele assim como a relação amor/ódio que muitas vezes reprimi dentro de mim, e para não sufocar nesses pensamentos preferi desabafar aqui. Ontem foi difícil dormir, ainda tremo e me pergunto o porquê. 

 Na minha vida tenho muitos fantasmas, pessoas que apago da minha memoria ou a minha memoria trata disso porque percebe o quão doloroso é ter a cara delas nos meus pensamentos, o mesmo aconteceu com ele,  não consigo ver nitidamente a cara dele, mas consigo ouvir a voz, consigo sentir o toque e o perfume que ele tinha.

 Sei o que aconteceu entre nós, conheço a história como conheço as minhas cicatrizes, ainda sinto a dor e o abandono, mas da mesma maneira que sinto o mal sinto o bem, ainda o amo e isso é uma realidade que tenho gravada na minha mente. 

Não tenho esperanças, apenas desejos e medos e uma mente muito confusa.   

Sem comentários:

Enviar um comentário

Isto é como no Face é só meter GOSTO (!) :b