sexta-feira, 19 de julho de 2013

O Jogo do Tigre e da Calma.

Jogar um perigoso jogo de dúvidas e manipulações, mentiras e meias verdades é coisa que não quero. Coisa que admito ter feito, ter sentido prazer em fazer mas não ter gostado do resultado e das consequência que para mim e para as pessoas que estavam à minha volta tiveram que sofrer.

A raiva dentro de mim está a passar, trata-se de um tigre que guardo dentro de uma jaula, alimento o com a raiva dos outros e acalmo com a minha felicidade, quando ele sai da jaula é porque teve que sair não sei controlar isso ainda muito bem. 

O cuidado que tenho comigo é redobrado, sou feliz agora, tenho tudo o que posso e mais não quero, sou boa dentro dos possíveis, mas nem sempre o tigre gosta de ser pisado na cauda. 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Isto é como no Face é só meter GOSTO (!) :b